Compartilhar

Se você se lesionou ou passou por uma doença ou cirurgia, precisará de um processo de reabilitação. 

 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, trata-se de "um conjunto de intervenções dirigidas a otimizar o funcionamento e reduzir a incapacidade de pessoas com problemas de saúde ao interagir com o seu ambiente".

 

Respeitar o ambiente no qual se desenvolvia a vida antes da sua doença ou intervenção é essencial para que você se mantenha motivado e alcance sucesso na recuperação. E "ambiente" se entende em um sentido amplo: afetos, lugares e atividades.

 

É importante notar que todos os planos de recuperação são diferentes. Ela dependerá das necessidades específicas, de acordo com a doença ou intervenção, assim como dos seus próprios objetivos e preferências.

 

Entre as atividades que você pode realizar, a atividade física é uma grande aliada para qualquer processo de recuperação, tanto para problemas físicos quanto mentais. Você poderá se beneficiar dela, independentemente do tipo de atividade, tanto se a fizer de forma independente quanto dentro de uma liga profissional.

 

Um aspecto fundamental para ter em conta é que a atividade física deve ser acompanhada sempre de uma alimentação saudável, especialmente durante a reabilitação. 

 

É por este motivo que recomendamos você a consumir Ensure® Advance, um alimento nutricional criado com ingredientes chave para ajudar a recuperar e manter a massa muscular perdida. Devido à sua composição de HMB, vitaminas e minerais, ele se tornou um aliado para ajudar a recuperar sua força, independência e atividade. 

 

Lembre-se, de qualquer forma, você sempre deve consultar um especialista, tanto em clínica geral quanto em nutrição e atividade física.

 

A atividade física pode ser realizada em ambientes variados, desde uma academia ou em casa, até diferentes cenários naturais. 

 

A seguir, apresentamos a você 5 benefícios de fazer atividade física em ambientes naturais durante a reabilitação:

 

1.    Maior adesão

 

Realizar atividade física ao ar livre permite que você mantenha essa atividade por mais tempo em comparação com as rotinas de academia, já que você receberá estímulos mentais e visuais por estar em um ambiente que muda à medida que você se move.

 

2.    Maior gasto energético


Pelas dificuldades próprias do terreno, realizar atividade física ao ar livre gasta mais calorias do que os aparelhos de academia. 

 

Mas tenha cuidado ao exigir demais de si mesmo, evite o frio e o calor em excesso e tenha em mente as indicações dos seus médicos.

 

3.    Saúde física e mental


Fazer atividade física em contato com a natureza pode ajudar você a prevenir patologias, tais como a depressão, obesidade, transtorno de déficit de atenção, entre outras. 

 

Além disso, estar em ambientes naturais aumenta a criatividade e as habilidades cognitivas. Inclusive existem estudos que demonstraram que os pacientes que têm vista para paisagens naturais durante sua internação se recuperam mais rápido.

 

4.    Confiança


Fazer atividades físicas em um ambiente agradável e familiar para você, trará à sua memória rapidamente experiências de bem-estar anteriores, facilitando seu processo de recuperação.

 

Guiando-se por aquilo que, na sua experiência, fez você se sentir bem, você acreditará que, como nos outros momentos, você irá se recuperar.

 

5.    Conexão


De acordo com diferentes estudos científicos, ao estar em contato com a natureza reduz-se a "fadiga mental" que provém dos estímulos da vida diária nas cidades. Consequentemente, você se sentirá com mais energia e vitalidade, o que favorecerá sua recuperação. Após uma intervenção médica é fundamental se reconectar com o seu ambiente.

 


Lembre-se que você deve se orientar sempre consultando um profissional especialista, além de encontrar aquilo que faz você se sentir melhor, já que todos temos necessidades e desejos diferentes.

 

 

BIBLIOGRAFIA

 

1.    Federación Española de Actividades Dirigidas y Fitness (2021). Beneficios que desconocías del entrenamiento al aire libre.
https://www.feda.net/beneficios-desconocias-entrenamiento-aire-libre/ 
2.    Kaplan R. & Kaplan S. (1989) La experiencia de la naturaleza. Una perspectiva psicológica. Estados Unidos: Prensa de la Universidad de Cambridge. Recuperado en: https://www.hse.ru/data/2019/03/04/1196348207/%5BRachel_Kaplan,_Stephen_Kaplan%5D_The_Experience_of_(b-ok.xyz).pdf
3.    National Geographic (2017). Conectar con la naturaleza puede fomentar la creatividad y la salud. 
https://www.nationalgeographic.es/medio-ambiente/conectar-con-la-naturaleza-puede-fomentar-la-creatividad-y-la-salud
4.    Organización Mundial de la Salud. (s.f.). Rehabilitación. 
https://www.who.int/es/news-room/fact-sheets/detail/rehabilitation